Percy Jackson RPG

O Percy Jackson RPG foi criado para os fans de Percy Jackson, aqui poderão criar o seu personagem, escolher o pai ou mãe olimpiano, ter missões e combater monstros.
 
InícioPortalCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Ficha de Reclamação

Ir em baixo 
AutorMensagem
Nyx
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 22/12/2011
Idade : 27
Localização : Na imensidão da noite

Ficha Meio-sangue
Energia:
999999/999999  (999999/999999)
Nível:
9999999999/999999  (9999999999/999999)
Vitalidade:
999999/999999  (999999/999999)

MensagemAssunto: Ficha de Reclamação   Qui Dez 22, 2011 11:54 am

Ola, indefenido antes de começar a jogar, deve ser reclamado por algum deus ou deusa, para isso terá de responder ao questionário a baixo. Para ser filho dos 3 grandes, Nyx , Poseidon e Atena, deve se esforçar ao máximo, pois a avaliação será muito mais rigorosa.

FICHA DE RECLAMAÇÃO!

- Por qual deus deseja ser reclamado?

- Cite as principais características e a aparência do seu personagem.

- O porque de ser filho de tal deus.

- Relate a história do seu personagem - Como era a sua vida antes de descobrir que era um meio-sangue, o que sentiu quando descobriu, a viagem para o acampamento meio-sangue.


Última edição por Nyx em Dom Jul 15, 2012 4:53 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://percyjacksonrpg.catsboard.com
Liana M.
Filhos de Nyx
Filhos de Nyx
avatar

Mensagens : 3
Data de inscrição : 24/12/2011
Idade : 22
Localização : Algum lugar... por ai

Ficha Meio-sangue
Energia:
100/100  (100/100)
Nível:
1/1  (1/1)
Vitalidade:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Ficha Meio-Sangue   Sab Dez 24, 2011 2:39 pm

- Por qual deus deseja ser reclamado?
Nyx

- Cite as principais características e a aparência do seu personagem.
Características: Liana é alta, magra, com pele clara, cabelos louros e olhos azuis escuros. Fria, sarcástica e rude ás vezes tende a ser calculista e melancólica, mas debaixo desta camada super dura existe uma rapariga carinhosa e simpática, divertida e que também precisa de chorar.
- O porque de ser filho de tal deus.
O porque de ser filha de tal Deus: Liana, acha-se parecida com esta deusa e alem disso admira-a muito.
- Relate a história do seu personagem - Como era a sua vida antes de descobrir que era um meio-sangue, o que sentiu quando descobriu, a viagem para o acampamento meio-sangue.

Liana nasceu em Los Angeles, mas em pequena, ela e o pai mudaram-se para Manhattan. O pai de Liana, Thomas, trabalha em astronomia, ou seja estuda as estrelas, tem olhos verdes e cabelos castanhos, é alto e bronzeado. Liana tem os mesmos problemas que os outros meios-sangue, mas tinha uma aura muito mais forte, até mais do que a dos filhos dos 3 grandes, o que atraia os monstros. Foi expulsa várias vezes, como acontece como os outros meios-sangue.
Narrado por Liana:
Era de noite e como sempre eu estava sentada na cama e a olhar lá para fora através da janela. Era a noite mais bela que eu já tinha visto, estava cheia de estrelas brilhantes e belas. Deitei-me e logo adormeci.
Sonho: " Estava numa arena, via-se bonecos de treino. Um homem-cavalo, não , um centauro estava a ensinar muitas outras crianças a lutar, algumas tinham a minha idade, mas outras eram mais novas e havia também alguns mais velhos. Aquilo parecia tão real Então começou a sentir abanões e a ouvir o seu nome a ser chamado". Final do sonho.
Acordei, a suar, com o meu pai a chamar-me e a abanar-me.
- Vamos veste-te, as tuas aulas começam dentro de 30 minutos - Avisou o meu pai.
- Ahhh, estúpida escola! - Bufei eu.
# Aquele sonho foi tão real #
Vesti-me, arrumei a minha mochila e fui tomar o pequeno-almoço. Fui para a escola e encontrei a minha melhor amiga, Emily, fomos para as aulas, tudo super normal. Então a minha professora pediu-me para falar com ela. A aula acabou, e antes da Emily se ir embora entregou-me um anel e disse:
- Se alguma coisa estranha acontecer carrega no diamante verde do anel.
- Está bem. Mas que tipo de coisa estranha? - Disse, mas foi tarde demais, ela já tinha ido embora.
A sala estava vazia , a não ser eu e a minha professora, então ela transformou-se num horrível monstro.
- Alecto, a benevolente! - Eu gritei, espera como é que eu sabia aquilo, estava tão confusa. Lembrie-me o que disse a Emily, apertei o diamante do anel, que imediatamente se transformou numa espada, com um golpe certeiro na barriga da benevolente, destruindo-a.
Emily explicou-me tudo sobre os deuses, semi-deuses, o acampamento e tudo o resto.
Então fomos para o acampamento meio-sangue.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nyx
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 22/12/2011
Idade : 27
Localização : Na imensidão da noite

Ficha Meio-sangue
Energia:
999999/999999  (999999/999999)
Nível:
9999999999/999999  (9999999999/999999)
Vitalidade:
999999/999999  (999999/999999)

MensagemAssunto: Re: Ficha de Reclamação   Ter Dez 27, 2011 3:43 pm

Ficha Aceite.-Reclamada filha de nyx
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://percyjacksonrpg.catsboard.com
louise owen
Filhos de Quione
Filhos de Quione
avatar

Mensagens : 1
Data de inscrição : 01/01/2012
Idade : 21
Localização : Por aí... no acampamento.

Ficha Meio-sangue
Energia:
100/100  (100/100)
Nível:
1/1  (1/1)
Vitalidade:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Ficha de Reclamação.   Dom Jan 01, 2012 2:13 pm

- Por qual deus deseja ser reclamado?
Quione, deusa da neve
- Cite as principais características e a aparência do seu personagem.
Eu sou calma, tímida, por ser tímida as outras pessoas pensão que sou reservada, melancólica. Só mostro o meu outro lado, divertido, festivo, carinhosa e super alegre, a quem conheço bem. Se conhecer e eu não gostar nada dessa pessoa e se ela me irritar, ganhou um inimigo, um grande inimigo, posso ser fria, rude, vingativa e horrível com essas pessoas . Se eu gostar da pessoa tudo bem, vai viver em paz e sossego. Não suporto mentiras e traição, mas o que eu mais odeio e te posso considerar inimigo mortal por teres esse acto é a deslealdade.
Sou alta, magra, cabelos louros e olhos azul cinza, a minha pele é clara como a neve.

- O porque de ser filho de tal deus.
Eu acho que deveria ser filha de Quione porque amo a neve, o gelo e o frio, e posso agir com essa frieza, mas é só se quiser. Também, porque admiro muito a deusa.
- Relate a história do seu personagem - Como era a sua vida antes de descobrir que era um meio-sangue, o que sentiu quando descobriu, a viagem para o acampamento meio-sangue.
Sou filha de um empresário, chamado Thomas. Vivo com ele e com minha madrasta, Sophie, advogada, e a minha meia irmã, Isabella, 5 anos. O meu pai, tem cabelo preto e olhos verdes, é alto e tem pele clara, Sophie, tem cabelos ruivos e olhos castanhos, é de estatura mediana e tem a pele sempre bronzeada, Isabella tem cabelos ruivos, como chamas e olhos verdes e brilhantes, é alta e magra, tem a pele numa cor entre bronzeado e claro. Nasci em Manhattan e sempre vivi lá, até descobrir ser uma meio-sangue e ir todos os Verões para o acampamento meio-sangue.

Era um típico dia de Inverno, em Manhattan, o céu coberto de nuvens, impossibilitando a visão do sol, uma grande camada de neve, pelos passeios e estradas, fazendo com que fosse impossível andar de carro. Eu observava isso, sentada na beira da janela do meu quarto, era grande e as paredes pintadas de azul gelo, os lençóis da cama de solteiro moderna era um estampado de flocos de neve, na secretária havia um computador portátil branco, na mesinha de cabeceira havia um candeeiro com a forma de um pico de gelo. Eu adorava o meu quarto, todos aqueles elementos transferiam-me confiança, como se eles fossem meus súbditos e ajudavam-me em tudo o que podiam, uma sensação impossível de explicar. O meu pai entra no meu quarto e diz:
- Vamos tomar o pequeno almoço. Veste-te, que ainda temos de ir para casa da avó, e as estradas estão a ser limpas, daqui a pouco vai haver muito transito.
Como um boa filha fui-me vestir rapidamente, umas calças de ganga pretas, uma camisola de manga comprida azul gelo e um kispo branco e calcei as minhas botas pretas, com pelo branco, quente e fofo dentro. Assim que acabei dirigi-me para a mesa, tinha panquecas no meu prato e um copo com sumo de laranja, o meu pequeno-almoço preferido.
Assim que todos estávamos prontos, seguimos para a casa da minha avó, pois hoje era dia da véspera de Natal.

Chegamos lá e o meu pai disse-me que podia ir dar uma volta, por ali que depois me ligava. Eu fui, não me apetecia ficar a ouvir histórias xatas, contadas pelo meu avô. Cheguei a um parque e sentei-me fiquei a olhar a neve como sempre gostava de fazer. Então uma voz familiar disse:
- Louise, és tu?
- Maya, há quanto tempo, amiga! - Respondi eu, a Maya a minha melhor amiga de infância, ela tinha se mudado para ali.
Então ouvi um barulho horrível, como se algo tivesse explodido e explodiu mesmo, uma benevolente! Eu só podia estar a alucinar porque depois apareceu um centauro! E para não bastar atrás do centauro estava um sátiro.
- Estou a alucinar não estou?! - Perguntei.
- Não, eu sou mesmo um centauro, aquilo é mesmo uma benevolente e este é mesmo um sátiro. E aquela benevolente quer te matar.
- A óptimo, o que é que vai aparecer a seguir, o exercito de Titãs de Cronos? - Perguntei eu, irónica.
- Os nomes, tem poderes muito forte sabias? - Avisou o sátiro, cheio de medo.
Eu passei-me aquelas, pessoas estavam a gozar comigo, só podia, quando me passei uma tempestade de neve formou-se à minha volta.
- Ai meus deuses!- exclamou o sátiro.
Eu voltei ao controle, aquilo era bem real, e eu era uma meio-sangue, eu sentei-me na neve, prestes a chorar, mas não foi isso que aconteceu. O centauro disse me que me tinha de levar para o acampamento meio-sangue, e eu foi porque eu finalmente acreditei. Eu sempre me interessei por mitologia grega, mas não pensei que fosse real. Cheguei ao acampamento e vi que era tudo muito real, pessoas, outros meios-sangue treinavam. O centauro disse:
- Há alguns anos haviam mais de cem campistas este ano, temos sorte se tivermos oitenta.
- Porque, porque é que são menos? - Perguntei eu.
- Muitos juntaram-se a Cronos. - Disse ele.
Depois de ser guiada pelo acampamento por uma campista e me serem apresentados muitos outros, fui-me instalar no chalé dos indeterminados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nyx
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 22/12/2011
Idade : 27
Localização : Na imensidão da noite

Ficha Meio-sangue
Energia:
999999/999999  (999999/999999)
Nível:
9999999999/999999  (9999999999/999999)
Vitalidade:
999999/999999  (999999/999999)

MensagemAssunto: Re: Ficha de Reclamação   Dom Jan 01, 2012 2:17 pm

Vou arranjar um chalé para os filhos de Quione.
Ficha aceita - filha de Quione.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://percyjacksonrpg.catsboard.com
Wesleylbs
Filhos de Poseidon
Filhos de Poseidon


Mensagens : 1
Data de inscrição : 18/01/2012

Ficha Meio-sangue
Energia:
100/100  (100/100)
Nível:
1/1  (1/1)
Vitalidade:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Ficha de reclamação   Qui Jan 19, 2012 4:55 am

- Por qual deus deseja ser reclamado?
Poseidon, Deus dos mares.
- Cite as principais características e a aparência do seu personagem.
Sou Calmo, Engraçado,as Vezes eu Sou tímido pois sou engraçado quando estou com alguém que conheço.
Quando alguem irrita alguem que gosto essa possoa pode estar ferrada pois as vezes sou frio.
Sou alto, Um pouco gordo e minha pele é clara.

- Relate a história do seu personagem - Como era a sua vida antes de descobrir que era um meio-sangue, o que sentiu quando descobriu, a viagem para o acampamento meio-sangue.
Era um belo dia em São Paulo Sou filho de um marceneiro e filho de uma costureira, Irmão de uma advogada e de um webmaster.
Quando estava voltando da escola, Cheguei em casa quando não tinha ninguém até que eu estava assistindo quando ouvi um barulho estranho e continuei assistindo daqui apouco o o mesmo barulho so que mais alto e fui ver quando cheguei lá onde estava o barulho vi um satiro que me obrigou sair de la sem saber de nada no caminho falou que era um meio-sangue na hora não entendi nada mais ele foi me explicando...
Quando no caminho A gente sofreu um ataque de uma furia quando eu fui levada muito longe até que eu escorreguei da furia e cai no chão perto de um portão escrito em grego e conseguir lê E estava escrito Acampamento Meio-Sangue.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nyx
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 22/12/2011
Idade : 27
Localização : Na imensidão da noite

Ficha Meio-sangue
Energia:
999999/999999  (999999/999999)
Nível:
9999999999/999999  (9999999999/999999)
Vitalidade:
999999/999999  (999999/999999)

MensagemAssunto: Re: Ficha de Reclamação   Qui Jan 19, 2012 8:45 am

Reclamado - Deve esforçar-se muito mais, mas vou dar-lhe o beneficio da dúvida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://percyjacksonrpg.catsboard.com
Aleksander Davis
Filhos de Quione
Filhos de Quione
avatar

Mensagens : 2
Data de inscrição : 23/01/2012

Ficha Meio-sangue
Energia:
100/100  (100/100)
Nível:
1/1  (1/1)
Vitalidade:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Ficha de Reclamação   Seg Jan 23, 2012 12:58 am

- Por qual deus deseja ser
reclamado?Quione
- Cite as principais
características e a aparência
do seu personagem.Um olhar gélido e uma expressão fria e pensativa
- O porque de ser filho de tal
deus.Por me identificar mais
- Relate a história do seu
personagem - Como era a sua
vida antes de descobrir que
era um meio-sangue, o que
sentiu quando descobriu, a
viagem para o acampamento
meio-sangue.Minha vida quase sempre foi normal em Nova Iorque,meu pai não falava muito de minha mãe e quando eu lhe perguntava sobre ela ele dizia que eu tinha seu jeito de ser somente sabia disso e não precionava meu pai a falar mais.Após descobrir através de Aleck meu amigo que é um sátiro que sou meio sangue não sinto medo mais euforia uma mistura de felicidade e esperança, após me despedir de meu pai pegamos um ônibus até Long Island o local onde ficava o camp,Aleck me alerta sobre um monstro que estava nos perseguindo mais conseguimos despista-lo mudando de ônibus e chegamos salvos no acampamento.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nyx
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 22/12/2011
Idade : 27
Localização : Na imensidão da noite

Ficha Meio-sangue
Energia:
999999/999999  (999999/999999)
Nível:
9999999999/999999  (9999999999/999999)
Vitalidade:
999999/999999  (999999/999999)

MensagemAssunto: Re: Ficha de Reclamação   Seg Jan 23, 2012 8:10 am

Ficha aceite - Eu aceitei a sua ficha, mas precisa de melhorar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://percyjacksonrpg.catsboard.com
Linive Santiago
Filhos de Poseidon
Filhos de Poseidon
avatar

Mensagens : 3
Data de inscrição : 16/03/2012
Idade : 22
Localização : acampamento maio sangue

Ficha Meio-sangue
Energia:
100/100  (100/100)
Nível:
1/1  (1/1)
Vitalidade:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Ficha de Reclamação   Sex Mar 16, 2012 7:45 pm

- Por qual deus deseja ser reclamado?
Poseidon

- Cite as principais características e a aparência do seu personagem.
Eu sou calma, mas não aconselho que mecham com as pessoas que amo porque a coisa fica feia.
Também sou bem divertida, extrovertida e um pouco imatura.
Tenho o cabelo preto e olhos claros.

- O porque de ser filho de tal deus.
Eu admiro seus poderes e sua filosofia, mas principalmente me sinto bem em contato com a água.

- Relate a história do seu personagem - Como era a sua vida antes de descobrir que era um meio-sangue, o que sentiu quando descobriu, a viagem para o acampamento meio-sangue.

Estava para completar quinze anos, e todos queriam fazer uma super festa para mim mas eu convenci minha família a fazer uma reunião na praia.
Era primeiro de junho, eu estava na beira da praia sentindo as pequenas ondas entre meus dedo, quando ouso alguém me chamar. Quando olho para trás vejo minha mãe meu pai e minhas melhores amigas em volta de uma mesa com um bolo, dou um sorrisinho travesso e vou até eles.
Quando chego meu pai fala:
-parabéns minha filha!
-Filha, eu não acredito que você esta crescendo!- disse minha mãe me abraçando e quase me matando sufocada.
-calma mão, eu estou completando quinze anos e não indo embora de casa.
Ela me largou e minhas amigas caminharam até mim e falaram na mesma hora:
-cresceu-disse a mais velha
-que tal arranjar um namorado-disse a mais namoradeira.
-vai estudar-disse a nerd.

Eu ia dizer uma resposta super bem bolada mas minha mãe nos chama para cantar parabéns.
Estávamos nas metade de musica quando um mostro enorme saiu do mar, ele era tão feio e tão medonho que não consigo nem descrever.
Fiquei paralisada, mas ninguém alem de mim e de um grupo de adolescentes na praia pareciam notar o poste musculoso vindo em nossa direção. Ele chegou bem perto e olhou diretamente para mim, e nessa hora sabia que ele queria me pegar.
Sai correndo, no inicio pensei que era uma brincadeira mas o monstro me jogou ma cedeira e eu soube que ele iria me matar.
Comecei a gritar e a correr em círculos, e o monstro me deu uma mão sada e eu cai e vi que meu braço estava sangrando.
-Você esta ficando doido!!-Eu gritei
Ele tentou me pisar e eu me virei. Por sorte o grupo que olhava a briga foi me ajudar.
Eles tinham espadas e tentavam atacar o monstro mas nenhum ataque parecia ter efeito. Me levantei rápido e peguei o capo do guarda sol e fui ao ataque.
Ataquei sua perna e sua barriga, e o grupo de ''lutadores'' parecia muito surpreso e eu fiquei me achando a lutadora, mas essa sensação passou quando o mostro me chutou e eu bati a cabeça, devo ter desmaiado por alguns minutos.
Quando acordei todos do grupo estavam desmaiados, e era minha mão e meu pai que tentavam me acordar, me levantei cambaleando e disse para meus amigos e família se afastarem e ele se foram.
Agora era só eu e o monstro.
Peguei uma espada do chão e tentei atacar mas ele me empurrou e eu cai de bunda, estava cansada demais para fazer qualquer coisa.
Mas por sorte minha mãe voltou e gritou:
-Vá para a água.
Naquela hora ou era a água ou um super poste musculoso, por sorte eu fiz a escolha certa e fui para água.
Depois eu não me lembro mais de nada, só de acordar em um acampamento e ouvir uma historia super louca e que eu posso ser filha de Poseidon e o melhor que eu tinha a fazer era esperar ser reclamada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nyx
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 22/12/2011
Idade : 27
Localização : Na imensidão da noite

Ficha Meio-sangue
Energia:
999999/999999  (999999/999999)
Nível:
9999999999/999999  (9999999999/999999)
Vitalidade:
999999/999999  (999999/999999)

MensagemAssunto: Re: Ficha de Reclamação   Dom Mar 18, 2012 10:11 am

Parabens Linive, foi aceita como filha de Poseidon, desfrute dos seus poderes.
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://percyjacksonrpg.catsboard.com
Millie Smith

avatar

Mensagens : 1
Data de inscrição : 26/05/2012

Ficha Meio-sangue
Energia:
100/100  (100/100)
Nível:
1/1  (1/1)
Vitalidade:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Ficha de Reclamação   Dom Maio 27, 2012 12:18 am

- Por qual deus deseja ser reclamado?
Afrodite

- Cite as principais características e a aparência do seu personagem.
Linda, loira, inteligente e carismática. Não sou tão frágil quanto aparento, afinal é preciso sorrir e estar perfeita mesmo que o mundo desmorone ao seu redor.

- O porque de ser filho de tal deus.
Primeiro que sou linda, segundo que o amor sempre vence não importa que alguns não vejam isso e terceiro que adoro a Deusa.

- Relate a história do seu personagem - Como era a sua vida antes de descobrir que era um meio-sangue, o que sentiu quando descobriu, a viagem para o acampamento meio-sangue.

Sempre fui muito popular, mesmo com as coisas estranhas que acontecem comigo, ainda que eu não quisesse. No começo eu até gostava da atenção dos garotos mas eu não tinha nenhuma amiga, bem pelo menos não de verdade. Elas sempre morreram de ciumes de mim e a atenção dos garotos foi ficando cada vez mais indesejada. Não é que eu não gostasse de garotos mas é que eles me perseguiam por toda parte e sempre tinha um tentando olhar pela janela do meu quarto. Mesmo depois que eu comecei a usar roupas totalmente simples e até feias eles pareciam ser atraídos pelo meu cheiro.
Meu pai e eu vivíamos mudando de cidade, como da vez que um garoto estranhamente grande destruiu a casa e eu de alguma forma que não sei explicar matei ele, depois disso eu tentei ir ao psiquiatra mas ele tentou me agarrar depois de cinco minutos. O meu pai é um cara muito lindo, principalmente pra idade dele, e já se casou umas cinco vezes depois que a minha mãe desapareceu. A primeira esposa foi a Jane mas ela era uma louca que dizia que minha mãe era uma prostituta e por isso eu devia arder no fundo do inferno, ainda me doi lembrar das roupas pavorosas que ela usava. A segunda era uma socialite super rica e bonita, mas ela tinha um filho pervertido. A terceira era uma mexicana muito linda e boa, eu a adorava mas como tudo na minha vida tinha que dar errado ela morreu quando me empurrou da frente de uma estatua do museu que ia cair em cima de mim, foi horrível e eu ainda tenho pesadelos com isso. A quarta tentou me matar envenenada porque disse que tinha ciumes da minha beleza, o veneno era mortal mas eu só fiquei dois dias no hospital, pode até ter sido por causa da enfermeira que cuidou tão bem de mim. A quinta era a enfermeira, Gwen, parecia um conto de fadas os dois estavam super apaixonados, ela estava sempre querendo saber como tinha sido o meu dia, me perguntando se tinha acontecido algo estranho, por seis meses estava tudo estranhamente bem até uma semana antes do meu aniversario de quinze anos. Foi quando ele apareceu.
Christopher Dafiti, o garoto mais bonito e mais popular da escola me convenceu a sair com ele e quando ficamos sozinhos tentou me matar, estávamos nos beijando quando eu senti uma dor lancinante atravessando as minhas costas, foi ai que Gwen apareceu não sei como ela sabia que eu estava em perigo ela simplesmente apareceu e então eu desmaiei.
Quando acordei estava em um lugar super estranho, parecendo meio antigo, e Gwen estava lá ao lado. Ela cuidou de mim e me contou tudo sobre o acampamento meio-sangue, o que eu era e o que ela era.
- Eu sou como você, uma meio-sangue, não pense que estou com seu pai porque fui obrigada eu realmente gosto dele e eu estava numa missão quando conheci vocês no hospital. Não uma missão grande é claro, afinal não sou tão jovem assim.
E então eu era uma meio-sangue e de repente tinha um lugar a onde eu era uma das menos esquisitas e ninguém ligava pra isso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nyx
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 46
Data de inscrição : 22/12/2011
Idade : 27
Localização : Na imensidão da noite

Ficha Meio-sangue
Energia:
999999/999999  (999999/999999)
Nível:
9999999999/999999  (9999999999/999999)
Vitalidade:
999999/999999  (999999/999999)

MensagemAssunto: Re: Ficha de Reclamação   Dom Maio 27, 2012 4:04 pm

Ficha aceite - Bem vinda
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://percyjacksonrpg.catsboard.com
Dimitry



Mensagens : 1
Data de inscrição : 02/08/2012

Ficha Meio-sangue
Energia:
100/100  (100/100)
Nível:
1/1  (1/1)
Vitalidade:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Ficha de Reclamação   Qui Ago 02, 2012 9:56 pm

FICHA DE RECLAMAÇÃO!

- Por qual deus deseja ser reclamado?
Hefesto

- Cite as principais características e a aparência do seu personagem.
Olhos castanhos
Cabelo preto
Esperto
Gosta de consertar e construir objetos

- O porque de ser filho de tal deus.
Porque ele é muito bom no que faz e realmente merece um lugar no olimpo

- Relate a história do seu personagem - Como era a sua vida antes de descobrir que era um meio-sangue, o que sentiu quando descobriu, a viagem para o acampamento meio-sangue.
Não conheci minha mãe, sempre morei com meus tios, irmãos da minha mãe, eles dizem que ela morreu assim que eu nasci em um trágico acidente com o equipamento médico. Fugi da casa dos meus tios há um mês, de repente eles tinham de tornado gigantes malucos de um olho só, meu amigo jumper me ajudou a fugir, eu descobri que ele era u sátiro e ele me revelou que eu era um semideus e me entregou uma espada de bronze, que segundo ele me ajudaria a derrotar os ciclopes que ainda nos pereguiam. Quando estávamos perto do pinheiro de Thalia, os ciclopes nos alcançaram, mas eu fui rápido o suficiente par cravar um golpe certeiro na barriga do primeiro, fazendo-o virar pó, o segundo tentou me atacar por trás, mas uma flecha brotou do seu umbigo e eu descobri que realmente estava em casa, quando cheguei ao topo da colina e medeparei com um centauro empunhando um arco.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Caio VC

avatar

Mensagens : 3
Data de inscrição : 01/09/2012
Idade : 21

Ficha Meio-sangue
Energia:
100/100  (100/100)
Nível:
1/1  (1/1)
Vitalidade:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Ficha de Reclamação   Sab Set 01, 2012 5:15 pm

- Por qual deus deseja ser reclamado?
Poseidon

- Cite as principais características e a aparência do seu personagem.
Alto , cabelo escuro , olhos castanhos , porte atletico de nadador , adoro o mar , cavalos etc, fiel aos meus amigos , muito orgulhoso e corajoso
- O porque de ser filho de tal deus.
Sempre gostei de Poseidon , principalmente apos ler percy jackson , como qual me indentifiquei me sinto completo perto da agua , é um sentimento revigorante
- Relate a história do seu personagem - Como era a sua vida antes de descobrir que era um meio-sangue, o que sentiu quando descobriu, a viagem para o acampamento meio-sangue.
Nao é bom saber que tudo que sabe é uma mentira.Era uma tarde quente de sabado fui para o clube nadar e refrescar o corpo .
A maioria da minha turma estava lá , até o povo metido.Fingi que nao os vi pois saberia que iriam estragar o dia .Depois de um tempo me sentei a beira da da piscina.
-Olha quem vei...-Disse um cara da minha sala junto com seu colegas valentoes.
-Algum problema?-Perguntei.Ele me empurrou , eu tenho pavio curto e fui para cima dele , consegui acerta um soco na cara dele , seus amigos vieram para cima e entao uma rajada agua os atingiu derubando todos , depois sai correndo me perguntando o que ocorrera.Sabia mas nao queria acreditar.Sai do clube correndo tinha guardas na saida , de repente a cara deles mudaram , nao de expreçao mas sim de aparencia , pasaram a ter 1 ollho , braços enormes e começaram a crescer ate ficar em torno de 2 metros e meio , e começaram a correr atras de min.Corri o mais rapido que pude , entrei em uma construçao onde subi em cima de uma parede baixa que levava para uma mais alto , eles tentaram fazer o mesmo , mas a parede cedeu com o pesso .Achei que estava seguro pois nao os via mais , parei para respirar e entao o chao se abriu , uma mao me agarrou e me jogou para o chao , estaca incurralado....Entao uma musica começou a tocar , era muito ruim, mas os monstros ficaram tontos , entao uma adaga apareceu no meu lado , peguei e encravei na barriga do primeiro e depois virou po , entao pulei enfiando a adaga na cabeça do segundo e entao desmaiei.Quando acordei estava em uma van , Jason meu amigo estava dirijindo.
-Onde vamos ?-Perguntei
-Para casa-Neste momento a vancomeçaou a tombar.quando sai uma harpia estava atacando Jason, a adaga ainda estava comigo , desembainhei , e corri para ajuda-lo , a harpia me olho e vei em minha direçao me derrubando , nos rolamos colina abaixo , fiz o possivel para soca-la e evitar suas garras afidas como navalha,ela me deu uma cotovelada , Jason atirou uma pedra na cabeça dela , quando ela virou cortei sua cabeça com um movimento rapido e inconsciente.Subimos a colina e me deparo com um acampamento.
-Bem vido , a sua nova casa amigo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Poseidon
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 14
Data de inscrição : 14/01/2012
Idade : 23
Localização : Talvez no fundo do mar...

Ficha Meio-sangue
Energia:
999999/999999  (999999/999999)
Nível:
9999999999/999999  (9999999999/999999)
Vitalidade:
999999/999999  (999999/999999)

MensagemAssunto: rESPOSTA   Qui Set 06, 2012 12:41 am

Parabéns, foi reclamado. Boa a sua história, achei legal. Agora abuse dos seus poderes.

~Poseidon
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sophia R.



Mensagens : 1
Data de inscrição : 13/09/2012

MensagemAssunto: Re: Ficha de Reclamação   Qui Set 13, 2012 8:17 pm

FICHA DE RECLAMAÇÃO!

- Por qual deus deseja ser reclamado?
Zeus
- Cite as principais características e a aparência do seu personagem.
Cabelos loiros,olhos azuis,alta,Jovem
- O porque de ser filho de tal deus.
Pois e o rei dos deuses,e por mim o mais forte
- Relate a história do seu personagem - Como era a sua vida antes de descobrir que era um meio-sangue, o que sentiu quando descobriu, a viagem para o acampamento meio-sangue.
Era apenas uma garota de 12 anos que ficava estudando numa escola rigorosamente chata para quem tem dislexia e Deficit de Atenção, então o que era chato durava quase um ano para passar, e o que era legal parecia que durava apenas alguns minutos, em casa eu não sabia exatamente nada sobre meu pai, apenas que minha mãe ficava horas e horas falando dele, e dizia que eu ia adorar ele, mas que nos já estávamos felizes do jeito que nos estávamos, aos meus 3 anos,minha mãe começou a trabalhar dobrado, porque ela tinha começado a pilotar aviões, e ela usou a desculpa que meu pai ia adorar o emprego que ela tinha escolhido, o que me deixava com raiva, porque eu tinha de ficar com uma babá.
Ela era uma adulta de um longo vestido, cada dia de uma cor, uma sapatilha que não combinava nada com a maioria dos vestidos, e uma ar de tristeza que parecia que ela não era daquela época, ela quase sempre me tratava como um lixo, uma vez ela até me levou a um monte e na volta, me deixou por um tempo numa pequena fiação, com dois fios encostados com uma voltagem meio fraca para uma pessoa, mais mortal para uma criança de 3 anos, e desde então ela nunca mais apareceu, até que com 12 anos enquanto eu voltava de mais um dia chato e irritante na escola, até que eu vi a minha antiga babá de novo, eu fiquei parado olhando para a cara dela, der repente eu senti uma raiva dela e um pequeno raio caiu do céu em direção dela, que já tinha desaparecido, então só ouvi uma voz na minha cabeça dizendo:
-Maldito seja seu pai garota!!!
E então eu iria continuar o caminho, mas como minha mãe só chegaria mais tarde, decidi dar uma volta pela cidade, então encontrei um garoto de muletas que estava apanhando por dois caras que tiraram suas muletas, então parei ali na frente e disse a maior besteira de todas:
-Saiam daqui agora, eu estou armado!!!
Minha sorte foi que essa grande besteira tinha dado certo, então eu perguntei ao garoto.
-Qual é o seu nome?
E o garoto respondeu com alguns gemidos:
-Isso não importa agora, temos que ir.
E então eu entreguei as muletas ao garoto e ele saiu andando, não sei porque mas eu estava indo atras dele, então quando finalmente ele parou eu tomei ar e perguntei:
-Por que você pediu para eu te seguir?
E então ele disse:
-Você já se esqueceu de mim?
E então eu olhei para a cara dele observando cada detalhe, então eu percebi:

-Joseph, o que você esta fazendo aqui, você não foi expulso essa semana?
E então ele respondeu:
-Essa semana foi difícil te vigiar por fora da escola.
E então eu perguntei:
-Por que você precisaria me vigiar?
E então ele me falou:
-Não dá para eu te explicar agora, apenas me siga.
E assim eu fui seguindo ele até chegar numa estradinha, e então apareceu duas garotas, e então eu e Joseph fomos até lá, mas der repente essas garotas se transformaram em dois monstros com serpentes no lugar de cabelo e o corpo coberto por escamas, então Joseph me entregou uma pequena adaga e largou as muletas, então eu perguntei:
-Eu achei que você usava muletas.
Mas ele nem respondeu, apenas pegou outra adaga e encarou as Gorgónas, não sabia o que era aquilo, mas sabia que duas garotas perdidas não eram, eu protegi meus olhos, então não aguentei e olhei, mas elas não me petrificaram, então perguntei:
Seus olhos não deveriam me petrificar?
Então pareceu que eu toquei em um ponto fraco, pois as DUAS vieram em cima de mim, só tive tempo de tentar acertar uma serpente do cabelo e fugir da tentativa da dentada, mas percebi que Joseph tinha chegado ali no lugar e acertou a outra Gorgóna, mas ela contra-atacou e machucou Joseph, deixando-o no chão, então era apenas eu contra as gorgónas, mas algo me dizia que eu sabia destruir elas, e tomei um ataque surpresa de uma das gorgónas, fiquei muito tempo parado, e eu no chão uma delas disse:
Você prefere morrer do jeito fácil ou torturante?
E então foi como se um raio caísse na minha cabeça com uma ideia, estava decidido, já tinha um plano.
Eu me concentrei e desceu um raio do céu na Gorgóna mais proxima, que se machucou, então aproveitei e dei um corte na sua cabeça, desintegrando uma das Gorgónas, então a outra disse:
-Agora você sentirá o poder de uma Gorgoná.
E então eu percebi Joseph levantando, mas não se movia, corri para lá e peguei a adaga dele, ficando com 2 adagas, e então eu corri para a Gorgóna, que me acertou uma dentada no braço esquerdo, mas eu peguei as duas adagas e joguei na barriga dela, e então segurei na perna da Gorgóna e me concentrei em talvez mais um raio, que por sorte desceu , então eu tirei a adaga da barriga dela e joguei no pescoço dela, que atravessou a garganta dela e a desintegrou, então percebi Joseph pegando uma certa coisa que eu não sabia dizer, comeu um pouco e se recuperou na hora e me levou até um lugar que eu não sabia, pois na hora tinha desmaiado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Afrodite
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 3
Data de inscrição : 20/01/2012
Idade : 21

Ficha Meio-sangue
Energia:
999999/999999  (999999/999999)
Nível:
9999999999/999999  (9999999999/999999)
Vitalidade:
999999/999999  (999999/999999)

MensagemAssunto: Re: Ficha de Reclamação   Seg Set 17, 2012 12:20 am

Reclamada Filha de Zeus
Voltar ao Topo Ir em baixo
Bernard Beckov

avatar

Mensagens : 2
Data de inscrição : 12/10/2012

Ficha Meio-sangue
Energia:
100/100  (100/100)
Nível:
1/1  (1/1)
Vitalidade:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Ficha de Reclamação   Sex Out 12, 2012 6:46 pm


- Por qual deus deseja ser reclamado? Phobos

- Cite as principais características e a aparência do seu personagem.
Cabelos negros, olhos profundos e claros, pele clara, altura mediana, cicatrizes pelo corpo e barba mal feita.

- O porque de ser filho de tal deus. Quero ser filho de phobos, por ele ser o deus que eu mais me caracterizo, admiro batante seus poderes e gostaria muito de ser uma de suas proles. O Phobos, tem varias caracteristicas e qualidades que se assemelham comigo, por isso fico mais a vontade sendo sua prole.

- Relate a história do seu personagem
- Nasci ao norte do canadá em 1997, com minha mãe. Passei o tempo todo com ela, estudava e a ajudava com o trabalho. Até ai minha vida fora relativamente normal, até minha mãe morrer em um acidente de carro. Depois desse incidente fiquei perambolando pelas ruas sem nem ter para onde ir. Certo dia, encontrei com um senhor que mesmo sem me conhecer me acolheu. Ele me encinou muitas coisas, inclusive como matar para sobreviver. Viajamos muito, conhecendo varios lugares como, Nova york, miami, los angeles entre outros. Ficamos perambulando por ai até meus quinze anos, quando cheguei a essa idade tive o desprazer de perder a unica pessoa que tinha. Fiquei amargo, sem ninguem e sem ter para onde ir. Meses se passaram e fiz um novo amigo, um cara de andar engraçado, que depois descobri que era um sátiro, ficamos muito amigos, e aos desesseis anos ele me trouxe aqui para o acampamento, onde espero para ser reclamado.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Gabriel reizak



Mensagens : 1
Data de inscrição : 02/11/2012
Idade : 18
Localização : sentado no punho de Zeus admirando o voo noturno de Peleu

Ficha Meio-sangue
Energia:
100/100  (100/100)
Nível:
1/1  (1/1)
Vitalidade:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Re: Ficha de Reclamação   Sex Nov 02, 2012 8:07 pm

FICHA DE RECLAMAÇÃO!

- Por qual deus deseja ser reclamado?
[size=12]Hades
- Cite as principais características e a aparência do seu personagem.
altura de 1,75, cabelos negros e opacos e olhos tão escuros que não há como diferenciar íris e pupila. pele pálida, branca e traços fortes e rígidos
aspecto sombrio, tendo características similares a de seus pais. Diferente dos outros sendo muito social, por vezes tímido. Não costumo semear medo aos outros semideuses.mas mesmo assim costumo ser desprezado e acabar como um "Lobo solitário".
- O porque de ser filho de tal deus.
Mesmo com tantas pessoas que odeiam Hades por sua "Maldade" eu o admiro acho incríveis seus poderes e acho que ele é um bom Deus do seu jeito mal mas tem uma boa aura.

- Relate a história do seu personagem - Como era a sua vida antes de descobrir que era um meio-sangue, o que sentiu quando descobriu, a viagem para o acampamento meio-sangue.
meu nome é Gabriel nascido em 20 de abril de 2000 na cidade de Manhattan.
Moro na rua 33 próximo ao Plaza hotel de frente com o Empire state num orfanato chamado A porta de Orfeu.
Só falta uma semana para meu aniversário de 13 anos e acabo de ser expulso da academia frezy para alunos especiais, que devia se chamar agora de academia das cinzas pois pus fogo na escola e fui expulso.
enquanto voltava a pé para casa passando pela ponte de Williansburg meu amigo Chez me alcançou e disse ofegante
-Vem comigo Agora!
Nunca o tinha visto tão assutado aponto de recuar de medo.
Chez: -Agora, agora!!!
Chez me agarrou pelo capuz do casaco cinza que eu usava e me arrastou até uma van cinza de entrega de morangos estacionada no meio da Brodaway.
Ele fecho a porta atrás de si quase arrancado minha perna que por um triz entro na van.
Gabriel: Chez você tá maluco me solta!
Ele fingiu que não ouviu e gritou ao motorista
Chez: Argos AMS Agora!
O tal de argos pisou fundo e rapidamente já estávamos passando pelo Empire
Gabriel: Chez Estamos passando é aqui!
Chez: Desculpe amigo mas aí é o ultimo lugar que você quer ir agora.
Quando a boca de Chez se calou houve uma explosão no exato local do orfanato.
Gabriel: Chez! por tudo que é mais sagrado Aonde vamos?
Chez: Primeiro pegar um velho amigo em perigo!
O silêncio se fez por toda a Brodway e as lagrimas eram os únicos sinais de que eu ainda estava vivo naquele momento tentando discernir todos os sabores que me vinham Àquele momento. Medo, angustia, desconfiança e inquietude.
então chegamos à 104 leste com a 1ª avenida foi quando Chez apenas abriu a porta de corre da van e deixou que um garoto entrasse
Percy: Novato?
Chez: Sim.
Percy: Status?
Chez: chalé 11.
Não entendi a rápida conversa mas não me meti.
meia hora depois estávamos à beira da colina de pinheiros na avenida que leva a Long Island Onde havia uma placa dizendo "voe coie seus pops mangos" a deficit deve ter me atrapalhado mas não teve tempo para perguntas.
De repente surgiram dois homens comum só olho que nu guiou até a ponta da colina aonde apareceram três morcegos gigantes com corpo humano feminino que nus bordaram e com um voo rasante levou Chez para o alto o garoto que tinha chegado por ultimo na van jogou uma caneta para Chez que enfiou no peito da mulher-morcego. mas aquilo já não era mais uma caneta era uma espada que fez a morcega virar pó.
Chez simplesmente caio de pé e deu a espada-caneta para o jovem que a guardou no bouço já como caneta foi tudo muito rápido.
Chez e o garoto me levaram para dentro da mata de pinheiros logo depois de um pinheiro jovem com uma toalha de pelos dourados brilhantes num galho alto, havia uma casa ao chegar lá eles me disseram em uni sono
Bem-Vindo ao Acampamento
Meio sangue
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dylan G. Tanner

avatar

Mensagens : 1
Data de inscrição : 05/04/2013
Idade : 20
Localização : Te interessa ? ^-^

Ficha Meio-sangue
Energia:
100/100  (100/100)
Nível:
1/1  (1/1)
Vitalidade:
100/100  (100/100)

MensagemAssunto: Ficha de reclamação.   Sex Abr 05, 2013 4:08 am

- Por qual deus deseja ser reclamado?
Hades.

- Cite as principais características e a aparência do seu personagem.

Tenho pele extremamente pálida,cabelos castanhos e olhos verdes.Até que sou alto pra idade.Sou antipático com os desconhecidos na maioria das vezes,e raramente levo brincadeiras na esportiva.Não gosto de lugares com muitas pessoas,prefiro o silêncio e a escuridão.Sou bem direto,e falo oque penso sem medo.Odeio pessoas que julgam á primeira vista.

- O porque de ser filho de tal deus.

Ao contrário da maioria das pessoas,admiro muito Hades,ele comanda um reino inteiro sozinho,e nunca pode parar.Ele é justo,como Zeus.Ele é mais calmo do que os outros deuses,e calcula mais as consequências de seus atos.Me identifico mais com ele do que com qualquer outro,por isso me sinto á vontade ao ser seu filho.

- Relate a história do seu personagem - Como era a sua vida antes de descobrir que era um meio-sangue, o que sentiu quando descobriu, a viagem para o acampamento meio-sangue.

Eu vivi num orfanato em New York,nunca vi nada além daquelas paredes.Era como uma prisão.Eu desde sempre fui um garoto problemático,sempre arranjando brigas aonde quer que eu fosse,mas com o passar dos anos comecei a ficar mais quieto,e passei a preferir ficar longe das outras crianças,e do resto das pessoas.Toda aquela felicidade me incomodava...Como podiam ser felizes num lugar como aquele ? Ah,claro.Nenhum deles morava lá realmente,a não ser eu e um garoto chamado Phillip.Com o passar do tempo,nós fomos ficando cada vez mais amigos,até o ponto de estarmos sempre juntos,um protegendo ao outro.Éramos como irmãos.Ele andava de um jeito estranho,e tinha muletas.Nunca usava nada que não fosse calça jeans e qualquer coisa pra esconder a cabeça,como um gorro.Um dia,eu e ele começamos uma guerra de comida no refeitório.O ato mais inteligente e nossas existências.Fomos parar no porão,que é onde fica quem faz besteira.

-Nós vamos morrer aqui dentro,Dylan ! Esse lugar me dá claustrofobia ! Eu quero sair daqui !-Continuou choramingando por uns 10 minutos,até eu perder a paciência.

-CALE A BOCA,PHILLIP !-Ele me olhou com espanto,e parou de chorar.-Precisamos arranjar um modo de sair daqui ! Tem de haver uma saída !-Falei,andando pelas extremidades do porão,tentando encontrar algum buraco ou coisa assim.

-V-você tem razão...Mas...E se não tiver ?

-Somente procure.-Ele assentiu e se levantou,também começando a procurar.Ouvi uma voz na minha cabeça. "Se concentre,Dylan.Tudo vai mudar a partir do momento que você sair daí.Use a cabeça.".Parei e fiquei por um tempo,refletindo.De repente,olhei pra um canto da parede,onde se encontrava uma sombra extremamente negra,não dava pra ver nada além dela.Andei em sua direção sem medo.Senti uma familiaridade com aquela sombra.

-Dylan ?-Phillip me chamou,observando meu estado quase robótico ao andar em direção á sombra.

-Espere aqui,Phil.Eu já volto.-Falei,entrando na sombra.Quando percebi,estava num parque.Várias pessoas conversando,passeando com cachorros.Me irritei um pouco com a luz constante no meu rosto,que me obrigava a cobri-lo com a mão.Olhei pra trás,pros lados,pra cima.A sombra não estava mais lá.Entrei em desespero.Não podia simplesmente ir embora e deixá-lo lá,sozinho.Eu era o único amigo dele,e ele,meu único amigo.Tentei me concentrar,ter uma ideia inicial do que fazer.Fechei os olhos.O anel que permanecia em meu dedo formigou.Eu abri os olhos,e me vi diante de uma sombra,ainda maior do que a vista antes.Olhei para o anel.Eu o tinha desde que nasci,só sei disso.Sempre tentavam tirá-lo de mim,mas ele sempre voltava pra mim,não importava oque acontecesse.

Entrei na sombra,e pensei em Phillip.O encontrei sentado,encostado na parede do porão,choramingando mais ainda.

-Phill !-Sorri pra ele.Ele levantou a cabeça,e veio na minha direção o mais rápido que pôde,por causa das muletas.

-Dylan ! Pensei que tinha me abandonado aqui ! Mas...o quê é isso ?-Ele apontou pra sombra,atrás de mim.Dei os ombros.

-Não sei bem...Só sei que graças á isso vamos poder ir embora daqui pra sempre !-Percebi o ânimo em sua face.O puxei,e juntos entramos na sombra.Aparecemos no parque,novamente.Phillip olhou em volta.

-Ei,Dy,o que fazemos agora ? Já que saímos de lá...
-Sim,é verdade.Agora,a prioridade é nos afastarmos daqui o mais rápido possível.Gabe vai com certeza vir atrás da gente,quando der por nossa falta.E não queremos vê-lo novamente.

-Já sei por onde começar.Tenho uma noção.-Ele sorriu,fazendo um sinal pra mim segui-lo.

Andamos por vários quilômetros,até ficar de noite.Percebi que Phillip estava incomodado,talvez cansado.Resolvi parar,não por minha causa,por causa dele.Eu quase nunca sentia dor,tinha um modo de conseguir evitá-la friamente,querendo ou não,isso sempre fez parte de mim.

-Phillip...Acho melhor descansarmos.Você parece exausto.

-E estou mesmo...Essas pernas não ajudam em nada !-Nós dois rimos.Dormimos,e eu acordei de madrugada.Ainda estava escuro.

Andei um pouco pela área da floresta,meu anel formigou.Olhei pra trás,e me deparei com um tipo de animal,metade touro,metade homem.Reconheci.Era um Minotauro.Fiquei lá,perplexo,observando ele se aproximar rapidamente,se preparando pra me atacar.

No último segundo,Phillip pulou em cima de mim,me empurrando pro lado,de modo que o Minotauro acertasse o chão.

-Dylan ! Você ficou maluco ?!

-Eu ?! Você tá vendo o tamanho daquela coisa ?! Queria que eu fizesse o quê ?!

-Fique atrás de mim !-Falou ele,logo depois,começando a tirar as calças.O olhei,meio assustado,e minha expressão mudou pra horror quando vi que ele tinha pernas de bode.

-Mas o quê..?! Eu estou louco,isso é tudo um sonho,e irei acordar na minha cama,no orfanato.

Sem me olhar,me jogou uma adaga,e eu a peguei,ainda hesitante.

-Vai precisar por enquanto.Tente não morrer.E,não,isso não é um sonho.Mesmo que esteja mais pra pesadelo,né ?-Ele me olhou,com um sorriso debocheiro.

Começamos a esquivar e atacar o Minotauro,ele conseguiu fazer um corte profundo em meu braço,que rasgou minha camisa.Logo depois,após uma tentativa inútil de feri-lo,ele me jogou contra uma rocha,e acabei por bater a cabeça na mesma.Tudo começou a ficar escuro.Desmaiei.Acordei em uma cama,aparentemente em uma espécie de enfermaria.

Tentei me levantar,mas uma onda de enjôo tomou conta de mim,me obrigando a me deitar novamente.

-Ei,ei.Vai com calma aí,Bro.

Eu imediatamente olhei pra suas pernas.Não era um sonho.Muito menos pesadelo.

-Você..Realmente tem pernas de bode !-Minha voz saiu tão inocente,que ele riu.

-O termo correto é Sátiro,mas,enfim...Bem-vindo ao Acampamento Meio-Sangue ! Você é um Semideus,cara !

Eu o flitei,pasmo.

-Te explico tudo depois ! Descanse.Vai precisar estar com energia quando acordar.

Assenti,e fechei os olhos.Em menos de cinco minutos,caí no sono.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Afrodite
Deuses
Deuses
avatar

Mensagens : 3
Data de inscrição : 20/01/2012
Idade : 21

Ficha Meio-sangue
Energia:
999999/999999  (999999/999999)
Nível:
9999999999/999999  (9999999999/999999)
Vitalidade:
999999/999999  (999999/999999)

MensagemAssunto: Re: Ficha de Reclamação   Sab Abr 27, 2013 2:51 am

Reclamado,filho de Hades.
Voltar ao Topo Ir em baixo
VictóriaRaposo3
Convidado



MensagemAssunto: FichaDeReclamação   Dom Jun 29, 2014 3:07 am

-Por qual deus deseja ser reclamado ?
Nyx.



-Cite as principais caracteristicas e a aparencia de seu personagem.
Sou branca com cabelos castanhos longos e olhos castanhos, sou extremamente antipatica, sempre com uma preferencia pela noite e pelas estrelas e principalmente pela solidão, não gosto que pessoas me toquem e prefiro ficar bem longe das mesmas.



-O porque de ser filho de tal deus.
Admiro Nyx, sempre tive um aspecto sombrio, semelhante a minha mãe, e sempre desejei a noite mais rápido.



-Relate a história de seu personagem - Como era a sua vida antes de descobrir que era um meio-sangue, o que sentiu quando descobriu, a viagem para o acampamento meio-sangue.
Eu vivi com o meu pai adotivo até os meus sete anos de idade, quando ele morreu, me afetou muito, levando ao fato de nunca conhecer minha mãe e meu pai, meus avós diziam que eles morreram em um acidente de carro, foi quando me levaram para um orfanato, onde conheci uma familia que me tratava como um encosto, mas eu nunca deixei de lado, sempre batia de frente, fazendo com que piorasse as coisas, ao contrario de muitos, sempre fui boa na escola, mas isso nunca importou para eles, eu apanhava todos os dias, fazia as tarefas de casa, mas nunca era o suficiente. Aos 9 anos eles começaram a me chamar de "estranha"..."depressiva", meus olhos mudavam de cor a cada insulto, a cada berro e a cada lágrima, só queria ter uma vida normal, mas para mim era pedir demais. Aos 10 anos, eu joguei um tijolo em meu "pai", foi quando me expulsaram de casa, parei de estudar, e acabei encontrando um amigo, ele era como eu, também não tinha familia, foi quando, em um dia estavamos sentados pensando em como fazer para continuar vivendo, então comecei a escrever histórias, e Nico (meu amigo que agora eu sabia o nome) começou a trabalhar em uma lanchonete, eu escrevia sobre minha vida, e ganhava muito com isso. Mas, foi quando, uma mulher apareceu dizendo:
-Olá - não pude deixar de notar os olhos amarelados e dentes quebrados, ela pegou um de meus livros e leu em voz alta -Alguêm como eu, pode existir?-me olhou com uma expressão indecifravel
-Vai levar este ? -perguntei
-Quantos anos você tem ?
-12 anos
-Quero levar outra coisa
Olhei para Nico confusa, e percebi que ele também não entendia nada
-Outro livro? -perguntei
-Não-Ela sorriu com um sorriso maligno daquele que meu "pai" fazia quando me amarrava no quarto, e eu juro, senti medo.
-Desculpe senhora, mas jaja vamos fechar e.. - nem terminei a frase quando ela interrompeu
-Você nunca pensou em porque seus olhos brilham pequena garota inútil ?
-Como você.... -neste momento ela estava vindo para cima, empurrando as cadeiras em passos leves, me levantei
-Pobre menina -sorriu- não conhece a própria espécie.
Eu corri, eu corri e deixei Nico para trás, eu corri enquanto lagrimas escorriam, enquanto meu pé doia, eu corri por tudo que eu acreditava ser seguro. Enquanto corria, olhava o bracelete que meu pai me dera antes de morrer, o bracelete que eu amava, e era a unica coisa que eu tinha.
Olhei para trás. Foi meu maior erro. Ela estava a poucos metros e o mais impressionante... Ela não andava, ela flutuava, seus pés não encostavam o chão.Tropecei.Ela havia se transformado em uma mulher bem mais alta com cabelos horriveis e monstruosos, as unhas viraram garras. Tentei levantar, mas meus braços não me obedeciam.
-Você não vai escapar Victória-não fazia idéia de como ela sabia meu nome-Voce vai morrer, como seu pai morreu.
Eu não a conhecia, mas tudo sobre meus pais me afetava,e naquele momento,eu tive uma sensação de ódio,de raiva, o que não acontecia desde que fui expulsa. Senti meus olhos mudando de cor, e tive forçapara levantar, meu braço estava pesado. Foi quando olhei para o bracelete, rapidamente o tirei do braço e vi se transformar em uma espada com as iniciais CHB, não sabia o que ia fazer, estava muito assustada.
Nico apareceu logo em seguida, eu vi uma espada, depois meus olhos falharam comigo, e desmaiei.
Acordei o que diziam ser 15 horas depois. Abri os olhos e vi Nico. Seus olhos verdes refletiam o corlar que sua mãe o dera antes dela morrer.
-Oi - consegui dizer - Oque...
-Não diga nada - respondeu - Você vai ficar bem
Nico era tão diferente dos outros, era apenas 2 meses mais velho que eu e era exatamente igual a mim, isso me acalmava muito. Ele saiu da sala do hospital e logo em seguida apareceu com um homem velho e feio.
-Victória-bem mais bonita ao vivo
-Quem é você, e o que você quer ? -parei um pouco para respirar- Quem era aquela mulher que me persegui ?
-Logo explicarei, agora você tem que descançar.
Nico veio até mim, me beijou na testa, e desapareceu... o mundo se tornou frio e escuro.
Acordei bem melhor, depois do que parecia ser uma eternidade, o homem velho disse:
-Consegue levantar ?
Fiz que sim com a cabeça.Me levantei, sentindo uma aguda dor na cabeça.
-O que aconteceu? -Nico se sentou ao meu lado
-Tudo vai ficar bem - ele disse
-Vamos-disse o homem velho
-Onde ? -disse
-Para o Acampamento Meio Sangue  

-Você é um semideus Victória - Ótima maneira de começar o dia, não?!
Eu era um semideus, haviam montros, sereias, animais falante, quantas coisas a névoa pode esconder ? Eu me sentia tão confusa e boba, por acreditar nas mentiras, sendo enganada por 12 anos e 364 dias, amanhã era meu aniversário e simplismente não sabia como era ser alguém normal, porque nunca fui.
Quando chegamos ao acampamento meio sangue, logo vi Nico.
-O que faz aqui ? - perguntei furiosa.
-Calma, Victória, eu posso explicar.
-Você é um semideus...
-Filho de Hades.
-MENTIU PRA MIM ? -eu gritava
-Victória porfavor..
Eu corri, dessa vez não deixei Nico para trás, eu corri dele, e chorava, pois o único em que eu acreditava, partira meu coração, e que mentiu para mim, mentiu para mim sem o minimo de pena. Eu ouvia ele gritando o meu nome. E meu coração gritava o seu.


          -------------------               -----------            --------------               --------------
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Ficha de Reclamação   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ficha de Reclamação
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Ficha de Reclamação
» Re: Ficha de reclamação
» RE:Ficha de Reclamação
» Ficha de Reclamação
» Ficha de Reclamação

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Percy Jackson RPG :: Registro-
Ir para: